A Los Angeles além de "LA LA Land"

Em época de Oscar, a "City of Stars" vira o centro das atenções de cinéfilos de todo o mundo. Esse ano a própria cidade é uma homenageada

O filme LA LA Land, que deve ser um dos grandes vencedores do Oscar desse ano, no próximo domingo (26/02), tem como um de seus principais personagens a bela cidade de Los Angeles, que atrai críticas e elogios. Esse é um lugar onde paisagens deslumbrantes, como a do Griffith Park (foto acima), que une observatório, planetário e um parque onde é possível fazer fabulosas caminhadas pelas diversas trilhas que cortam a região, ou simplesmente sentar nos bancos espalhados pelo Griffith e observar o mais belo por do sol da cidade, com uma visão privilegiada das luzes que refletem as estrelas até a linha do horizonte, contrasta com a imagem gótica do Teatro Chinês, ou a multidão que ocupa a Calçada da Fama para fotografar as estrelas que homenageiam seus astros preferidos.

A cidade, como muitas outras, tem um centro em transformação, em contante revitalização de uma área que foi degradada ao longo de muitos anos. Espaços como o Walt Disney Concert Hall, obra do arquiteto futurista Frank Gehry, que abriga a contemporânea Orquestra Filarmônica, e o tradicional Staples Center, casa do Los Angeles Lakers, time de basquete da cidade, fazem de "downtown" um destino certo para os apreciadores da boa música e do basquete show. Para os religiosos, a catedral inovadora também atrai, com um design clean e monumental, oferecendo aos fiéis desde as relíquias de uma mártir romana, até belas tapeçarias, que glorificam o Homem como criação divina, misturando pessoas comuns, sem distinção de sexo, cor ou raça, com as imagens dos santos católicos.

Museus, atrações a parte

Embora a cidade seja lembrada por Hollywood e sua produção cinematográfica, Los Angeles é a capital do entretenimento, com atrações para todos os gostos e bolsos. Muitos dos museus são gratuitos, mas é preciso fazer reserva pela internet, pela quantidade de visitantes. Esse por exemplo é o caso do Getty, tanto o Museu, quanto a Villa, em Malibu, que oferecem vistas deslumbrantes e coleções imperdíveis. Com design futurista, o Museu chegou a servir de locação para as filmagens de um dos mais recentes Jornada nas Estrelas, como a sede da Federação de Planetas.

Outro que exige reserva pela internet é o Califórnia Space Center, que oferece aos visitantes um histórico da aviação militar e da exploração espacial. Ainda do lado de fora é possível ver réplicas de aviões que fizeram sucesso na observação de territórios de antigos países rivais, até cápsulas de missões espaciais, que fizeram dos Estados Unidos um dos principais exploradores do espaço. A "joia da coroa" do museu, cuja reserva gratuita precisa ser feita com antecedência pela internet, é o ônibus espacial Endeavour, que cruzou o país para ser a atração de milhares de visitantes todos os dias.

O Los Angeles County Museum of Art, conhecido como LACMA, na Wilshire Boulevard, também é outra atração imperdível. Duas peças são as mais fotografadas: Urban Light, de Chris Burden, uma instalação com 202 postes de luz antigos; e a Levitated Maso, de Michael Helzer, uma pedra de granito de 340 toneladas suspensa sobre uma passagem ao ar livre. Entretanto, o museu é um belo complexo em desenvolvimento, apresentando desde a história pré-colombiana até obras primas contemporâneas.