Pesagem de passageiros gera protestos

07/10/2016

Passageiros da Samoa Americana reclamaram da companhia aérea Hawaiian Airlines, que decidiu pesar os passageiros da rota Pago-Pago, na Samoa, a Honolulu, no Havai. A definição do assento era feita apenas depois dessa etapa e pela empresa. Segundo a aérea, a decisão é para que haja um melhor equilíbrio e segurança no voo.

A queixa, feita pelo empresário Avamua David Haleck, alerta que a pesagem acontece apenas nessa rota, o que pode ser considerado discriminatório, já que 70% da população samoana adulta está acima do peso. A Hawaiian disse que suspenderá a pesagem prévia, mas não se furtará ao direito de trocar passageiros de lugar, dentro do avião, caso entenda que há necessidade. O Departamento de Transportes dos Estados Unidos afirmou que a queixa está sendo analisada.