Royal Jordanian brinca com eleição americana

10/11/2016

A companhia aérea Royal Jordanian, na última terça-feira (08/11), enquanto aconteciam as eleições americanas, lançou um anúncio chamando árabes a aproveitar as promoções da companhia para os Estados Unidos, antes que o candidato Donald Trump vencesse e impedisse a visita ao país. Essa foi uma das plataformas de campanha do candidato republicano, que acabou vencendo.

A campanha causou "frisson" na rede, com críticas e elogios a esse tipo de ação. Muitos acharam o anúncio desrespeitoso com a população árabe, por brincar com um assunto tão sério, como a discriminação. Outros aplaudiram o senso de oportunidade da empresa, já que o novo presidente americano tomará posse no dia 20 de Janeiro.

Independente da brincadeira, a proposta da companhia é reforçar os voos para os Estados Unidos, onde muitos árabes fixaram residência e ajudaram na construção do país. A expectativa é de que as rotas para Nova Iorque, Detroit e Chicago, principalmente, tenham uma taxa de ocupação boa e reitere a importância da companhia e dos árabes no mercado turístico americano.