Santuário de Fátima comemora centenário em 2017

Festas iniciam-se em maio, quando o Papa Francisco deve visitar a cidade, marcando a data da primeira aparição da Virgem no local, e rezar com os fiéis pela paz mundial

Um dos principais destinos turísticos de Portugal, o Santuário de Fátima, começa a preparar as comemorações pelos 100 anos do aparecimento da Virgem Maria para os três irmãos Lúcia, Jacinta e Francisco, na Cova da Iria, perto da cidade. Ao longo desse século a cidade foi tomando consistência e a vida urbana foi sendo construída em torno da bela catedral, que marca a importância da fé para milhões de visitantes que passam pela basílica mensalmente, transformando Fátima num dos principais pontos de peregrinação do mundo.

O nome da cidade é de origem árabe. Segundo lendas da região, morava na vila uma princesa moura chamada Fátima que, depois de ser capturada pelo exército cristão durante a Reconquista dos territórios ibéricos, foi dada em casamento a um conde de Ourém. Ao aceitar o Cristianismo, foi batizada com o nome de Oriana, em 1158. Para homenagear a esposa, o conde deu o nome de Terras de Fátima à região e ao condado o nome de Oriana, que foi se transformando até tornar-se Ourém.

A região tornou-se conhecida quando, em 13 de Maio de 1917, três pastores que estavam na Cova de Iria afirmaram ter visto a Virgem Maria. Durante vários meses os jovens passaram a seus pais e autoridades eclesiásticas os pedidos da Santa para que se rezasse muito, já que coisas muito ruins aconteceriam nos anos seguintes. O evento que marcou definitivamente o local foi a aparição de 13 de Outubro, quando cerca de 70 mil peregrinos presenciaram o chamado "milagre do sol". Segundo testemunhas, chovia muito e, na hora que os jovens disseram que a Virgem apareceu, surgiu o sol e a roupa de todos secou imediatamente.

Fátima, que continuou sendo vila, tornou-se cidade em 1997. Conhecida como a Cidade da Paz, tem na peregrinação a base de sua economia. Até o ano de 2000 muito se especulou sobre os três segredos passados pela Virgem, que diziam respeito, principalmente, à necessidade de oração e penitência para a salvação dos povos. Jacinta morreu em 1919 e Francisco em 1920, vítima da gripe espanhola. Lúcia tornou-se freira carmelita, permanecendo em clausura até a morte, em 2005.

A Basílica, em estilo neobarroco, abriga os túmulos dos três pastores, que participaram das aparições. Imponente, foi construída com pedras da região. A torre tem 65 metros de altura e segura uma coroa de bronze de sete toneladas, sendo iluminada durante a noite.

Além da Basílica, há outros pontos a visitar em Fátima:

Basílica da Santíssima Trindade - Parte mais nova do Santuário e fica em frente a igreja tradicional. Inaugurada em 2007 é o quarto maior templo católico do mundo, com 8 mil lugares;

Capelinha das Aparições - Entre a parte nova e a igreja tradicional de Fátima existe esse espaço, construído no lugar onde estava a azinheira, local do aparecimento da Virgem;

Casa dos Pastorinhos - A casa onde viviam os pastores Jacinta, Lúcia e Francisco. O local permanece intacto com móveis, lençóis, toalhas e objetos especiais;

Museu de Cera - Fica próximo ao Santuário e serve para que as pessoas entrem no clima da cidade na época das aparições.

Esse e outros destinos você encontra sempre com as melhores tarifas em Eu Ando pelo Mundo.

Como chegar a Fátima

Para os turistas, vale lembrar que Portugal faz parte do Tratado de Schengen e exige seguro viagem no valor de 30 mil euros

Carro

Saindo de Lisboa, basta pegar a rodovia A1, em direção a Porto. A estrada é bem sinalizada e o santuário fica perto da via. Estacionamento é gratuito, mas há pedágio na rodovia.

Excursão

Existem inúmeras agências que oferecem esse serviço, com valores em torno de 150 euros. A maior parte das agências oferece no mesmo pacote os mosteiros da Batalha e Alcobaça.

ônibus

Maneira mais prática e econômica, já que deixará cerca de 500 metros do Santuário. Os ônibus começam a circular às 7h, saindo sempre de hora em hora. As passagens de ida e volta custam cerca de 20 euros

Trem

A estação Fátima fica a 23km do Santuário, o que torna esse tipo de transporte meio inadequado. A viagem dura 1h15 e custa cerca de 15 euros. Lembre-se que ainda terá mais uma viagem pela frente