Savannah reúne arte e história

Cidade, a primeira planejada dos Estados Unidos, é um brinde a todos os apaixonados por arquitetura neoclássica e história americana

Beleza e qualidade de vida se encontram na cidade de Savannah, na Geórgia, nos Estados Unidos, onde as casas preservadas remontam aos primórdios da fundação, no início do século 18, e o mercado municipal (foto) é um exemplo do charme das cidades do interior. Como uma grande metrópole (a quarta maior cidade da Geórgia) oferece uma série de atrações, entre museus, igrejas, sinagogas e os bares da River Street, para aproveitar o final da tarde com o visual privilegiado dor raios do sol no rio.

Às margens do rio Savannah, os bares da River Street estão onde antigamente ficavam os escravos que eram levados para trabalhar nas fazendas da região. Conscientes da importância histórica do local, os proprietários restauraram as antigas casas, transformando espaço de muita dor no passado em ponto de encontro dos jovens e turistas, em bares e restaurantes de griffe ou mais comuns. O piso de pedra de algumas casas, um cardápio sofisticado e uma trilha sonora compatível com o momento tem levado a região a estar sempre cheia.

Historicamente a cidade de Savannah sempre foi referência na questão da liberdade. Entre os principais pontos turísticos estão a casa onde nasceu Juliette Gordon Low, fundadora das Bandeirantes nos Estados Unidos; Telfair Academia de Artes e Ciências, um dos primeiros museus públicos do sul; a Primeira Igreja Batista Africana, uma das mais antigas congregações batistas negras americanas; o Templo Mickve Israel, a terceira mais antiga sinagoga do país; e o histórico complexo Ferroviário Central, que inclui um museu e as mais antigas oficinas de produção e manutenção de trens da América do Norte.

A cidade tem belas referências cinematográficas. Na Praça Chippewa ficava o banco onde o personagem de Tom Cruise, em Forest Gump, via a vida passar. Para os amantes da telona, vale observar que a Savannah tornou-se cenário desde 1957, com As Três Faces de Eva. Dois filmes que destacam ainda mais a sua arquitetura e a beleza são Meia Noite no Jardim do Bem e do Mal (1997), com John Cusack e Kevin Spacey; e A Lenda de Bagger Vance, com Will Smith, Matt Damon e Charlize Theron (2000).

Poupada pelo general William Tecumseh Sherman, durante a Guerra da Secessão, a cidade conservou suas belas praças e arquitetura típica. Depois de arrasar a economia das cidades por onde passava, como forma de retirar a força do Exército Confederado, ele tomou a cidade e a ofereceu de presente de Natal ao presidente Abraham Lincoln, no dia 21 de Dezembro de 1864. O distrito histórico guarda ainda muito da história dessa campanha em direção ao mar, iniciada em Atlanta, como forma de unificar o país. Após o fim do conflito o próprio Sherman reconheceu o disparate da guerra e a vitória fútil, diante do desgaste de matar e ver morrer famílias inteiras.

Esse e outros destinos você encontra com as melhores tarifas em Eu Ando pelo Mundo.

Tybee Island, a praia de Savannah

A região, que sigifica sal no idioma nativo, oferece praia e belo farol

Com menos de 3 mil habitantes, Tybee Island tem belas praias, um pier onde moradores e turistas gostam de ver o nascer do sol e um belo farol, que incorpora um museu. Durante a época de desova das tartarugas é muito comum encontrar inúmeros animais nas praias, durante a noite. As autoridades pedem que os turistas não levem lanterna, para evitar assustar os animais, que são protegidos na ilha.

O farol é o mais antigo e mais alto da Geórgia, tendo sido reconstruído várias vezes, por conta das tempestades.