Templo de Xuan Kong: onde os deuses descansam

Construção a 75 metros de altura, encravada na montanha, resiste há 1.500 anos a todo tipo de intempéries, incluindo terremotos

Na China a visita aos templos é uma tradição e existem construções de rara beleza, não apenas nas cidades mais populosas. Uma das pérolas da arquitetura monástica chinesa é o Templo de Xuan Kong, perto do Monte Heng, na província de Shanxi. Construído há cerca de 1.500 anos, ele impressiona por ter sido erigido a 75 metros de altura, em um precipício, resistindo desde então a todas as intempéries, desde chuvas fortes a terremotos, sem qualquer abalo.


Conhecido como o local onde os deuses descansam, Xuan Kong é notável por ser o único em toda a China a incluir elementos do Budismo, do Confucionismo e do Taoísmo na construção, recebendo milhares de turistas anualmente. Toda a estrutura é sustentada por vigas de carvalho, encravadas horizontalmente na rocha,enquanto as vigas verticais, que parecem sustentar o templo, foram colocadas para dar uma maior sensação de segurança aos visitantes.

Ingressos a 130 yuan (cerca de R$ 65)

Com 40 salões, sendo que em um deles pode-se encontrar as estátuas de Sakyamuni, Confúcio e Lao-tzu. A visita ao templo custa 130 yuan por pessoa (cerca de R$ 65) e durante o Inverno pode ser feita das 8h30 às 17h30. No Verão o horário passa das 8h às 18h. A cidade mais próxima é Datong, a cerca de 65 km. De carro a distância pode ser percorrida em cerca de 20 minutos, assim como existem opções de taxi e ônibus. Nas imediações do templo existem vários hotéis, que permitem aos visitantes ficarem mais próximo do templo.

Por ser encravado na montanha e contar com escadarias muito estreitas, por onde se espremem os turistas, o local não é aconselhado para portadores de deficiência. O melhor horário para se tirar fotografia do tempo fica entre 10h e 11h, já que o templo fica completamente iluminado.


Esse e outros destinos podem ser encontrados, sempre com os melhores preços, em Eu Ando pelo Mundo.